COMBO X
Cáceres/MT

PROGRAMAÇÃO:

 

Parabéns!

Você escolheu um pouco de cada.

DIA 1 - Aeroporto de Cuiabá / Pousada 1:

Almoçar e partir para Cáceres - 210 km / 3:00 h.

Todo o trajeto teremos a companhia da Serra das Araras. Pousada I, nem parece estar localizada no centro da cidade, por estar rodeada de muita natureza. Uma baía exclusiva, frequentada por capivaras, jaçanãs, tachãs, lontras, gaviões, macacos e até uma anta, é contornada ao fundo por um braço de mata que a separa de um braço do rio Paraguai.

DIA 2 / Morraria - City Tour:

O dia promete desafios físicos por trilhas contemplativas.

Chega-se na Pousada 4, local onde existe uma Dolina de águas intermitentes. Colete, máscara e snorkel são os equipamentos para realizar uma flutuação revigorante.

Um breve lanche reforçado, nos guiará para um novo desafio, que é uma trilha de 5 km até um mirante que se avista à cidade, ou, para quem preferir um programa mais light, a opção é o City Tour, com possíveis apresentações

 culturais, como a dos Cururueiros e do Sirirí.

DIA 3 / Pantaneiro - Fazenda 1 e 2:
Ao chegar na Fazenda 1 - 114 km, geralmente, somos    recepcionados pelas araras-azuis que voam acompanhando o veículo, até próximo da sede. Grandes comunidades de Capivaras / 800 u, jacarés e aves de grande porte,

poderão ser observadas nas lagoas(4) entre os pastos, formados para o gado de engorda. Após o almoço, um breve descanso para continuarmos as atividades. O dia encerra com a chegada na Fazenda 2, um local tranquilo, rústico e inspirador.

 

DIA 4 / Fazenda 2 / Pousada 3 - Rio Paraguai:
Neste dia, bem cedo, a tropa estará no curral

para ser arreada e conduzida até a Baía do Cervo.

Após o churrasco no chão, partiremos para a Pousada 3, localizada em uma tranquila e privada baía que dá acesso

ao Rio Paraguai. Uma recepção gastronômica, com direito

a um delicioso caldo de Piranha com torradas e para tirar o pó da estrada e o stress, a sugestão é relaxar na piscina.
 

DIA 5 / Rastro de Onça - Rio Paraguai:

Após o café, o barco inicia a sua jornada entrando no rio Paraguai e após percorrer por canais que voltam para o rio, chega-se na foz do rio Jauru, sinuoso e estreito, repleto de surpresas abençoadas como o encontro do maior felino das Américas, a Onça pintada. Baías e corixos serão explorados,

o que possibilitará avistar inúmeras espécies pantaneira, como o macaco Bugio, Ariranha, Capivara, Águia-pescadora, Jacaré e o Tuiuiú. Após o almoço na pousada, regrado de peixe, carnes, verduras, legumes, saladas, frutas e doces, ou ali mesmo no barco, pra não perder tempo, saborear um reforçado quebra torto/lanche. O dia se finda com uma caminhada ecológica em uma das trilhas na mata,

localizada nas imediações da pousada.

DIA 6 / Pousada 3 / Cuiabá

Amanhece o dia com a visita dos Macacos-prego à pousada, avisando que é hora de deixar o Pantanal e voltar para casa.

 

REFEIÇÕES:

Café da manhã 6:30h / Almoço 11:00h / Jantar 19:30h

ABRIL & MAIO:

Os melhores meses para fotografar e contemplar o nosso maravilhoso Pantanal pela tamanha beleza de suas tardes coloridas, combinação que se dá pela ausência de chuva, vento, baixas temperaturas, formando diariamente, verdadeiras obras de arte no final de tarde.

 

JUNHO & JULHO:

Inicia os ventos mais frescos e temperaturas que podem surpreender o visitante, lembrando que sofremos com a influência climática dos Andes. Garantir um agasalho para cortar o vento, quando estiver navegando, é pertinente, até porque, serão horas percorridas em busca do inesperado. Nesta época é que inicia o acasalamento das onças, o feitio dos ninhos dos Tuiuiús, os ninhais dos colhereiros e cabeças-secas, a reprodução dos Talhamares nas praias e a magnífica florada das Piúvas. Compensa passar um pouquinho de frio para contemplar tudo isso, não é mesmo?

AGOSTO:

O Pantanal começa a secar e a esquentar;

 céu enfumaçado, sem chuva, vento forte, média luz e queimadas; continuam os ninhos isolados de Tuiuiú, ninhal de cabeça seca e colhereiro, ninhos de Taiamã e Talhamar

nas praias e a florada das Piúvas

SETEMBRO:

O Pantanal mais seco e quente;

 céu esbranquiçado, chuva rápida, média luz

e queimadas; um pôr-do-sol único com o efeito das queimadas, deixando o astro rei laranja, imponente e isolado; florada dos Paratudo(amarelos).

OUTUBRO:

Possível chegada das primeiras chuvas;

Céu acinzentado tende a melhorar com tons azulados.

                 ROTEIRO COMBINADO